Saiba como a consultoria tributária abre espaço para o core business das empresas

Cuidar da vida tributária de uma empresa é parte fundamental para sobrevivência do negócio e não pode ser visto como prioridade secundária.

Não é pequena a quantidade de empresas nacionais com dificuldade para acompanhar a legislação fiscal e até mesmo cumprir obrigações suscetíveis a mudanças constantes. O quadro tributário do país carrega um histórico conhecido de dinamismo e complexidade, o que pode se transformar em um verdadeiro empecilho para organizações imaturas no que diz respeito à gestão tributária.

Gastos desnecessários, prejuízos financeiros e descumprimento de preceitos legais são algumas consequências negativas que afetam o negócio como um todo. Mas quais são as possibilidades para mudar esse cenário e facilitar a vida dos empreendedores e gestores? A consultoria tributária surge como meio de estruturar a saúde fiscal da companhia, proporcionando benefícios importantes e contínuos.


Suporte de profissionais especializados

Rogério Fachin, especialista em Direito Médico e Tributário na FNCA Advogado, explica que devido ao foco no seu core business, muitas empresas não possuem a capacitação necessária para lidar com a matéria tributária, complexa e sujeita a frequentes alterações.

“Isso faz com que elas acabem sofrendo com problemas de falta de conformidade nos pagamentos de tributos, recolhimentos indevidos e até efetivados a maior”, diz.

Entretanto, embora não seja obrigação da organização ter uma linha de serviço especializada no setor tributário, isso não inibe sua responsabilidade perante o Fisco. Fachin lembra que surge, então, como dever dos gestores a busca por opções viáveis para fortalecer a relação que apresentam com a legislação vigente, respaldando suas operações.

“O trabalho de uma consultoria tributária, de modo geral, é atuar, através de uma análise minuciosa, no comportamento fiscal apresentado pelo contratante, identificando pontos de aprimoramento por meio de medidas analíticas e auditorias. Trata-se de um diagnóstico completo e profundo sobre a condição fiscal, tributária e administrativa da companhia, realizado sempre por especialistas em demandas tributárias e suas particularidades”, pontua.


Tranquilidade para focar no core business

O que significa, indiretamente, delegar a gestão tributária de sua empresa para um serviço de consultoria e revisão fiscal?

O especialista diz que, na prática, o gestor e todo o seu grupo de profissionais terão tempo hábil e disponibilidade para centralizar seus esforços no core business do negócio, ou seja, o campo de atuação principal e que é a força motriz da organização.

“Com os ganhos produtivos e estratégicos, a organização contratante encontra uma oportunidade promissora de potencializar o desempenho interno aproveitando os benefícios extraídos da consultoria, fato que nos leva ao último tópico”, conta.


Os reflexos para um diferencial competitivo

Logicamente, se manter em harmonia com a legislação fiscal e minimizar a possibilidade de erros no âmbito tributário já são grandes motivações para optar pela consultoria tributária. No entanto, é importante destacar que as contribuições desse tipo de serviço não param por aí.

“Com a regularidade fiscal junto ao Fisco e a identificação precisa do que está ou não sendo realizado corretamente dentro da companhia, processo que pode abordar a revisão dos últimos 60 meses de recolhimentos efetuados pela Pessoa Jurídica (PJ), a equipe de especialistas poderá indicar o resgate de valores tributários recolhidos de forma indevida, o que também reflete na interrupção de pagamentos futuros totalmente indevidos”, explica Fachin.

Por fim, ele enfatiza novamente que a gestão tributária não pode ser classificada como algo secundário e que pode ser postergada pelo empresariado. Trata-se de questão que habita o campo da segurança fiscal, saúde financeira e que, se aplicada com excelência, apresenta todas as condições de formalizar um diferencial competitivo desejado por todos.

“Assim, devido à importância do tema, não seria nenhum absurdo definir e alocar a consultoria tributária como uma movimentação plenamente estratégica, uma vez que respeita o dinamismo de um segmento que desafia e dificulta a vida do empreendedor.”, finaliza o especialista.

Fonte: contabeis.com.br


Como recuperar créditos tributários?

Por meio do faturamento da empresa é possível verificar o quanto foi recolhido de PIS e COFINS e comparar os valores que foram apurados com os valores que deveriam ser apurados.

Esse processo pode ser muito mais rápido se você tiver a mão, uma ferramenta que faça isso de forma automática e simples. Tem surgido no mercado algumas ferramentas para o levantamento dos possíveis créditos, como o Recupera Créditos do Escritório Inteligente. Facilitando o profissional a realizar o trabalho por conta própria.

Com o essa ferramenta você pode fazer o levantamento de eventuais créditos dos últimos 5 (cinco) anos e a auditoria mensal para segregação das parcelas correspondentes à receita de venda de produtos sujeitos à tributação Monofásica e ST do PIS/Pasep e da COFINS. Uma solução ideal para evitar o pagamento indevido de tributos, conquistar clientes e, sobretudo, alavancar seus negócios.

A partir daí, é possível evitar que o pagamento do imposto que já está pago, seja efetuado de novo, além de poder solicitar a restituição dos valores pagos indevidamente.

Uma ferramenta simples que torna ágil, prática e segura a auditoria na venda de produtos monofásicos por empresas optantes pelo Simples Nacional, bem como a apuração de eventuais créditos oriundos de recolhimentos indevidos.

Para mais informações sobre a ferramenta Recupera Créditos, clique aqui.






Inscreva-se no Canal Telegram “Recuperação Tributária” e fique atualizado.

Compartilhe este post

Mais lidos

Leia Mais

Siga-nos

Escritório Inteligente 2019 © | Todos os direitos reservados | Desenvolvido pela C3dweb

11. 4522-3466 | 11. 98978-4065

comercial@escritoriointeligente.com

São Paulo - Brasil